O CACIQUE

03/01/2021 09:52

 

O CACIQUE

Por Alanna Souto

Hoje acordei e me vi do alto de uma árvore.

Era um mestre indígena, o grande ancestral.

Ele conhecia a vovó.

Estava com cabelo repartido com duas tranças na cabeça.

Não era filme norte-americana com atrizes brancas fazendo nativos na missa de ação de graças.

No alto da grande mãe Terra.

Ele olhava para baixo e estava muito sério.

Havia uma certa tristeza no olhar dele.

O cacique via tudo.

Não podia fazer nada,

Eram dias de territórios cristãos.

Os caiapós são da América do Sul,

Mas o meu amigo conseguia se transportar para outras vidas.

Ele conseguia ver tudo que eu enxergava.

Andando pelo passado é que se consegue enxergar o futuro

No presente.