Microcontos

08/08/2015 19:58
Sei que é meu lar quando o mergulho em domicílio é profundo e belo. O lar essa vagina gigante que nos acolhe interinamente. De temperatura regulada pelas emoções dos seus habitantes, filhos e filhas envolvidos no seu útero quente e úmido. Quando bem regulado o termômetro, ninguém se afoga, vive-se...
07/06/2015 21:49
Numa das esquinas daquelas estantes de livros, sentei, balzaquiana descansei minhas costas de pouco mais de 30 anos, e observei seus 20 anos, fitamo-nos por uns intanstes...sorriste com os olhos, retribui com riso sem graça de canto da boca. Em 2 minutos nos casamos, comprei os livros, no entanto...
09/03/2015 00:46
Quer me bater, meu amor? Venha a nado que seguro teus braços, boto meus dedos entre os teus pequenos e grandes lábios e te dou um amasso afogado de nós.
01/03/2015 17:39
Os naipes dizem vá em frente, roupas de aço, coração cicatrizado. Escarros do passado que não doem mais.Do seu lado direito um abraço in visível do indefinido, único, infinitamente rico...ás vezes, a chuva visita seus olhos, fitam-se lembranças, logo em seguida um sorriso.No colo Dela embalos de...
13/09/2014 20:52
Desde antiga Grécia Narciso in consciente mente buscava chamar atenção de todas as formas. Valorizava os exercícios físicos espartanos algumas vezes até mais que os estudos do espírito tão incentivado por Platão e não satisfeito com a beleza em certo dia de festa passou a gritar e vociferar num...
27/08/2014 11:46
  Veio de longe em sua carruagem wiccana abduziu-lhe por três dias, regou, alimentou e demarcou cada parte do seu corpo, sabendo ser efêmera, tentou desvendar seu passado, algum antigo amor e do alto de sua realeza tentou inventariar-lhe na lista de bens de suas posses, foi quando a perdeu ,...
21/07/2014 17:16
Há milhares de anos nascia na Via láctea um lindo menino, não nasceu do ventre e nem do coito, dizem que ele brotou direto da Lua e floresceu em cada canto desse satélite, vivia a se olhar no espelho porque era o portal pelo qual encontrava a beleza maior de sua alma hídrica, o amor e lá se...
08/06/2014 04:17
Fêmea- manequim desfila sobre mim , Leva-me no seu compasso E no beijar de todos os teus lábios Ferroa meu abraço Enlaço, desencarno No teu veneno De puro aço Cura do passado A fonte eterna do presente
20/04/2014 12:48
Língua, Amaldiçoada diariamente por tanta dissimulação. Renego-te! [Ímpia, puta, suja...] Abençoada perenemente por [me] inspirar excitação E a cada movimentar livre da boca Entre [pequenos e grandes] lábios Abre-se e se desfaz Esgota o salivar De tanto penetrar Satisfaz E [te] esquece! Acorda, Ler...
15/03/2014 22:14
Amélia é daquelas mulheres que se ama a primeira vista, nascida em maio de 1968, geminiana, trazia consigo um semblante juvenil, um corpo sinuoso e uma viuvez precoce. Enlutada, passava o dia a organizar livros e cartas antigas, dedilhava paginas e lambia os envelopes por horas, dedos e línguas de...
<< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>